Quando os primeiros estudos sobre comunicação surgiram – com mais expressividade nos Estados Unidos, no início do século XX – ela foi entendida apenas como um instrumento, dando origem ao famoso esquema funcionalista Emissor  – Meio  – Resposta.

Porém, com o passar dos anos, os pesquisadores de diferentes regiões do mundo, especialmente os da América Latina, puderam identificar que a comunicação é a nossa porta de entrada para o mundo como o conhecemos. Em outras palavras, é por meio dela que podemos atribuir significado às mais diferentes coisas.

Para quem acha que esta é uma abordagem muito filosófica ou teórica para o mercado corporativo, fica a dica: o processo de significação é um elemento-chave quando pensamos no engajamento dos profissionais de uma empresa em torno de seus projetos. Por isso, a ArteConteúdo defende e promove práticas humanizadas no universo da comunicação organizacional.

Mais do que simplesmente executar tarefas, temos sempre em mente que nossos produtos e serviços têm pessoas como destinatários. Isso nos faz ter o máximo de cuidado em etapas essenciais do trabalho, como a escolha da linguagem que vamos utilizar, seja ela visual ou textual. Nosso objetivo é, então, o de transformar realidades, tendo como referência as necessidades de nossos clientes.

De logotipos ao conteúdo para revistas corporativas, passando por vídeos e sites, tudo o que fazemos é para ser visto e compreendido da melhor forma possível, o que exige chamar a atenção daqueles para os quais nos dirigimos. E acredite: fazer isso acontecer é o que nos movimenta, pois sabemos que os frutos de uma comunicação verdadeira são capazes de gerar resultados instigantes.